Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail !

seu nome

seu e- mail


Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
24/07/2010 às 11:50
QUATIS REINAUGURA MONUMENTO MILITAR

Fuzil coberto com capacete homenageia mortos desconhecidos

 

Os secretários municipais de Planejamento, Jairo Carvalho, e de Cultura, Regina Angélica, representaram o prefeito José Laerte d’Elias na manhã desta sexta-feira, em cerimônia do 25º Batalhão de Infantaria Blindada da Aman, a Academia Militar das Agulhas Negras, na praça dos Expedicionários, no Centro da cidade.

O evento, que teve como objetivo reinaugurar um monumento que o tempo havia deteriorado, contou ainda com a presença da secretária de Educação, de vereadores, intelectuais e representantes da sociedade civil.

“O fuzil descarregado coberto com um capacete é uma homenagem aos mortos desconhecidos na Segunda Guerra Mundial, que teve Quatis representada por três bravos combatentes”, explicou o Comandante do Batalhão, Coronel Casali.

Os cidadãos aos quais se referiu o comandante durante seu discurso são Eugênio Ferreira de Carvalho, nascido em Joaquim Leite, Newton Sapede e Antônio Lobo Neto nascidos em Quatis, cujos nomes figuram a placa do monumento. A esposa de um deles estava presente à cerimônia e participou do descerramento da placa.

Um monumento havia sido colocado na praça dos Expedicionários anos atrás, mas a ação do tempo deteriorou a peça, o que motivou a mudança. “Os três homens que lutaram pela nossa cidade não estão ausentes, estão apenas invisíveis, e por certo dizem obrigado por esta homenagem”, disse, emocionado, o historiador Hieróclio Barros.

A banda da Academia e o pelotão de pára-quedistas fizeram apresentações durante a cerimônia cívico-militar, que durou 50 minutos.

 

Quatis/RJ, 23 de julho de 2010.

Veja mais sobre Cidade [+ notícias]